06/11/2013

O que é bizarro para você? Para nós, bizarro é a corrupção, a falta de respeito, a falta de vergonha na cara. Em relação ao visual, seja rocker, rapper, clubber, o que quer que seja: o importante é ser você e seguir o seu estilo, se sentir bem com sua aparência e, principalmente, com o que você é por dentro.

Por isso, no #Lookbook.cava de hoje, o manifesto #diferenteeigual te pede: seja bizarro! Seja aquilo que você quiser ser!

Se ter cabelo colorido é a sua grande vontade, não se reprima: pega essa cabeleira e se joga nas cores! A Anila, por exemplo, arrasa no estilo dos cabelos e do visual, e não parece ter vergonha nenhuma de ser assim!

Já o Mohcine, usa roupa de rockeiro, calça colada, spikes nos braços, e continua estilo – e todo gatão!

Vai dizer que ainda acha que não dá pra ser você e mesmo e cheio de estilo, segurança e autoestima ao mesmo tempo? Quando o estilo vem de dentro para fora, não há preconceito ou repressão que acabe com isso!

Quer mostrar seu estilo pra gente? É só marcar as suas fotos mais estilosas com as hastags #cavalera e #diferenteeigual! Queremos te ver!

Ah! Todas as peças de sugestão (que estão na montagem e não nos modelos) são da loja virtual, clique e se joga!

05/11/2013

Afinal, o que é ser igual? E mais, o que é ser diferente? Somos todos seres complexos e, ao mesmo tempo, muito, mas muito parecidos com os outros da nossa espécie. E claro, o que “colocamos para fora” em forma de arte também é diferente e igual ao mesmo tempo.

Poooor exemplo, fotografia. Uma das artes mais apreciadas da nossa época, especialmente com o Instagram aumentando cada dia mais a sua popularidade, depende de um processo: enxergar para fotografar. Concorda? pois acredite, “fotografar para enxergar” é sim um processo de alguns fotógrafos, os deficientes visuais. Mas Cavalera, existem fotógrafos cegos? Não só existem, como eles arrasam na arte, na sensibilidade e na visão que, muitas vezes, vai além de nós, que enxergamos com os olhos. Se liga:

Fotografia do esloveno Evgen Bavcar, que perdeu a visão antes dos 12 anos de idade

 

Já o californiano Pete Eckert, que perdeu a visão completa nos anos 80, diz que ainda é muito visual e seu cérebro continua formando muitas imagens na mente, só não enxerga as coisas.

Já outros artistas vêem com os olhos, mas expressam seus talentos de formas bem diferentes da maioria de nós.

O chinês Huang Guo Fu perdeu os braços aos 4 anos de idade, e aprendeu não só a pintar com os pés, mas também com a boca!

 

Um outro ponto que é capaz de diferenciar a arte e, ao mesmo tempo, torná-la tão forte e significativa quanto as outras, é a temática. No Afeganistão, por exemplo, existem mulheres – isso mesmo – fazendo grafitti – isso! – mostrando que “ser livre é algo que vai além de ter ou não que vestir uma burca”.

Shamsia Hassani, 24 anos, foi a primeira grafiteira do Afeganistão. Já passou um tempo na Índia, após seu pai ser agredido nas ruas do seu país, mas está de volta lutando pela causa!

 

E você, o que te faz diferente das outras pessoas? E o que te faz igual? Já pensou nisso?

 

04/11/2013

Pra variar – mas com grande destaque para esta coleção -, o desfile da Cavalera no SPFW deu o que falar. E o melhor: só coisa boa, ótima, maravilhosa! Mas também, quando a inspiração para a coleção vem de quem colocou o idealizador de tudo ao mundo, difícil é fazer feio! Confira a entrevista linda que nosso Diretor Criativo, Alberto Hiar, deu para o Estadão, falando sobre a coleção, sua paixão pela marca e, claro, sua mãe fofa demais (é só clicar na foto!):

 

E teve muito, muuuuito mais sobre o desfile, confira as principais matérias:

Lilian Pacce

 

Arlindo Grund – Backstage

 

Arlindo Grund – Beleza

 

Quem Acontece

 

Harper’s Bazaar

Chic – Letícia Spiller roubando flashes, merecidamente

 

QUEM Acontece – Letícia arrasando no desfile

 

 

Lilian Pacce – Letícia é só sucesso

M de Mulher – beleza!

Com Que Bolsa – bolsas do desfile

04/11/2013

A novela Sangue Bom, da Globo, que terminou semana passada, foi cheia de emoções, música, descobertas… E repleta de Cavalera no figurino nos personagens!

O Filipinho, por exemplo, interpretado por Josafá Filho, foi um dos que estavam sempre vestindo Cavalera, se liga:

Outro personagem que adorou a Cavalera foi o Xande, interpretado por Felipe Lima. Olha só que graça!

A lindona da Malu, interpretada pela gatona da Fernanda Vasconcelos, também apostou – e acertou – nessa jaqueta Cavalera!

Já estamos com saudades da novela!